Google+ Badge

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Em Busca da Felicidade


"Vou ser feliz quando..."

Já pensou assim alguma vez?  Mas quando conseguiu o que tanto queria, quanto tempo sua felicidade durou?  É claro que alcançar um objetivo pode nos deixar  feliz, mas essa felicidade pode ser passageira.  Uma felicidade que dura não é somente baseada no que adquirimos ou conquistamos.  Assim como a boa saúde, a verdadeira felicidade depende de uma série de fatores.  E mesmo quando conseguimos conquistar algo, que tanto almejamos, faremos o quê?



Como não existem duas pessoas iguais, o que faz você feliz não necessariamente  faz outra pessoa feliz.  Além disso, as pessoas mudam à medida que ficam mais velhas.  Mesmo assim,  ao que tudo indica,  algumas coisas estão mais frequentemente associadas à felicidade.  Por exemplo, a verdadeira felicidade está relacionada a encontrar contentamento, evitar a inveja, cultivar amor pelos outros e desenvolver a resiliência mental e emocional.  Veja por quê.


1 - ENCONTRE CONTENTAMENTO

Um artigo publicado no Journal  of  Happiness Studies observou que, "quando as necessidades básicas de uma pessoa são atendidas, uma renda adicional tem pouca influência sobre o seu bem-estar".  Pesquisas mostram que  um estilo de vida cada vez mais consumista pode minar a felicidade, especialmente quando se abre mão dos seus valores.
Evitemos reclamar e praguejar a todo momento.  Experimente por uma semana abençoar as pessoas ao invés de praguejar ou xingá-las...
Em algumas situações um sorriso ou o silêncio pode evitar o princípio de uma discussão.
Abracemos mais as pessoas, os nossos animais de estimação.
Saibamos reconhecer e elogiar aqueles que nos ajudam, não só os nossos parentes, amigos, colegas de trabalho, mas os porteiros, faxineiras, garçons e outros.
Madre teresa de Calcutá dizia e fazia o seguinte: "Diante das dificuldades mantenhas a fé, acredites numa solução, mas mantenhas sempre um sorriso no rosto... e sempre encontrarás uma solução, pois Deus proverá..."

Há alguns meses perdi um pequeno e caro aparelho de apresentação multimídia.  Comuniquei o fato na empresa.  Depois de algumas semanas uma das faxineiras me entregou o aparelho.  Agradeci muito.  Na semana passada a encontrei novamente e dei-lhe um abraço e uma quantia em dinheiro para comprar um presente de Natal.  Ela ficou tomada de emoção e surpresa, até esboçou uma recusa... (12.11.2014)
Gratidão, gera felicidade...

Pesquisas indicam que meditar nos aspectos positivos da vida e mostrar gratidão a alguém que foi bondoso com você podem ajudá-lo a ter uma maior sensação de bem-estar.  Mas não confiemos somente nas pesquisas, comprovemos através da própria experiência.

2 - EVITE A INVEJA

A inveja é definida como "desgosto e ódio provocados pelo sucesso ou pelas posses de outra pessoa"e "desejo intenso de possuir os bens de alguém ou de usufruir sua felicidade".  Assim como um tumor maligno, a inveja pode crescer a ponto de dominar a vida de uma pessoa e de acabar com a felicidade dela.  O que leva alguém a ter inveja?  Será que temos essa característica? O que fazer para combatê-la?

A Enciclopédia de Psicologia Social observa que as pessoas costumam invejar as que tem uma situação parecida com a delas, como as que têm a mesma idade, experiência de vida ou cultura.   Um vendedor, por exemplo, talvez sinta inveja de um ator de cinema famoso, mas sim de outro vendedor mais bem-sucedido que ele.
Oremos por aqueles que nos perseguem, pois  precisam de ajuda...

A inveja pode envenenar a capacidade de uma pessoa de apreciar as boas coisas da vida é é sempre uma fonte geradora de confusão, brigas e divisões.

3 - CULTIVE AMOR PELAS PESSOAS


Dar-se bem com os outros  "contribui mais para uma pessoa se sentir satisfeita com a vida do que o trabalho, a renda, o lugar onde vive  ou até mesmo a saúde física".  Resumindo, a pessoa precisa amar e ser amada para realmente ser feliz.
Servir é uma das melhores maneiras de demonstrar amor...


4 - DESENVOLVA RESILIÊNCIA

Todos têm problemas.  por isso, é preciso desenvolver resiliência, ou seja, a capacidade de lidar com os problemas de forma positiva e dar a volta por cima.
Procure encarar os erros da maneira correta.
Pessoas resilientes também cometem erros, mas não ficam remoendo pensamentos negativos, como 'Sou um fracasso'ou Eu não presto para nada'.
Para ser uma pessoa resiliente, "você precisa reconhecer que erros e fracassos fazem parte da vida...  Mas é você que escolhe como vai reagir a elas."
Em Provérbios 17:22, diz o seguinte: "O coração feliz segue de bom remédio, mas o espírito abatido virá a secar os ossos."
Quando estamos desanimados ou abatidos permitimos que as nossas energias sejam sugadas e desta maneira os nossos ossos ficam enfraquecidos  "resseca os ossos"...

Eduardo Antônio - Deva Bodhi
Terapeuta Holístico
cel: 21-97285-5411
Reiki  Deeksha  Tantra
Massagem Ayurvedica
Florais de Bach

Nenhum comentário: