Google+ Badge

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

MANDALAS


Ao olhar uma mandala vemos um desenho circular, que contém em seu interior formas variadas. No centro desse desenho há uma área da qual tudo parece ter sido gerado.

O nome mandala faz pensar em energia, em algo misterioso, o que provoca uma atração universal pelas mandalas. Como no passado, hoje todos querem saber o que é, realmente, uma mandala.

Uma mandala representa uma célula, um disco solar ou lunar, um espaço que lembra um povo primitivo ao redor de uma fogueira, um ovo, uma fruta. É impossível dizer o que inspirou a criação da primeira mandala, mas é certo que encontramos mandalas já nos primórdios da evolução, pois há desenhos de mandalas nas cavernas pré-históricas, ainda que bastante simplificados.

Os simbolismos de cada uma das partes que constituem o desenho de uma mandala é interessante. Mesmo que o criador de uma mandala não tenha consciência daquilo que faz, ele coloca em sua criação elementos simbólicos ancestrais. Ao desenhar uma mandala, criamos algo sagrado.

No interior da mandala há um ponto central, que representa a essência da mandala. Os outros elementos em geral parecem estar em ligação com esse elemento e de certa forma dependem dele, pois se desenvolvem a partir da sua existência. Esse ponto representa uma existência superior, a fonte de toda a criação, Deus.

A vibração de uma mandala não está só ligada às suas formas e estrutura geométrica. Essa emanação vibracional tem muito a ver com as cores usadas, pois desenho e cor são inseparáveis numa mandala.


O simbolismo das cores e seu poder vibratório criam uma força que define grande parte da atuação vibracional da mandala. Chega a ser quase a metade de sua influência.

Diante do que foi exposto, vimos que a mandala é na verdade um campo de força, no qual as emanações das formas, da estrutura numérica e das core são poderes vibracionais atuantes.

Sendo assim, uma mandala pode alterar as vibrações daquilo que suas emanações atingem. E isso é uma realidade. Quando fazemos contato visual com uma mandala nossa energia se altera e essa modificação é sempre muito positiva.

O campo de força de uma mandala modifica a nossa energia em vários níveis. Ele estimula a mente, equilibra as emoções e ativa os processos físicos, ajudando a restabelecer sua função plena. A mandala é uma fonte de cura – no sentido amplo, benéfico e quase sagrado que ela tem.

 Acesse e veja essa linda Mandala
http://www.light-weaver.com/slide2/a.html 



Eduardo Antônio
Terapeuta Holístico
e-mail: reiki_edu@yahoo.com.br
Cel. 21- 7285-5411
Skype: eduardo.terapeuta

Reiki  -  Deeksha  - Massagem Ayurvédica  - Reflexologia Podal Tailandesa -
Florais de Bach  - Florais de Saint Germain - Florais da Amazônia
Acupuntura Auricular  - Cromoterapia  - Radiestesia
TEP  - EFT
Consultas com Hora Marcada







Um comentário:

Anônimo disse...

Que eu possa receber a vibração dos elementos de PAZ,HARMONIA, SAUDE, ALEGRIA, DISPOSIÇÃO, ORIENTAÇÃO, SOSSEGO, AMOR, ALEGRIA, E TUDO DE BOM, ATRAVÉS DA MANDALA.

karina