Google+ Badge

domingo, 18 de abril de 2010

O QUE É A TERAPIA REIKI?



É um sistema de Cura Natural que abrange todos os níveis do Ser: físico, emocional, mental e espiritual – podendo efectuar modificações profundas em qualquer uma destas áreas.


Dr. Mikao Ussui foi quem nos trouxe esta técnica. Ele era estudioso de manuscritos antigos, e procurava entender as estórias de curas milagrosas, que lhe contavam. Em busca de uma resposta em como usar o Reiki, decidiu subir o Monte Kuriyama e passou 21 dias meditando em jejum. No último dia, Dr. Ussui obteve uma resposta através de uma luz divina. Após descer o Monte Kuriyama, ele passou pela periferia e lá curou muitas pessoas.


Ele passou os seus ensinamentos para o Dr. Chujiro Hayashi, um médico da Marinha Imperial, que depois montou uma clínica de Reiki em Tokyo para pessoas que necessitavam de cura.
Dr. Hayashi, dividiu em etapas os ensinamentos do Reiki que lhe foi passado, assim facilitando o ensinamento e o aprendizado. Foi em busca de uma cura para o câncer que a Sra. Hawayio Takata conheceu a clínica do Dr. Hayashi.
Antes do Dr. Hayashi morrer, ele passou os ensinamentos da técnica do Reiki para Sra. Takata, mais tarde formando se mestra da técnica Reiki.
A Sra. Takata abriu uma clínica de Reiki no Hawai onde formou 22 mestres.
O Reiki está mudando e se desenvolvendo a cada dia, desde o tempo de Mikao Ussui, Chujiro Hayashi e Hawayo Takata. As pessoas estão conhecendo e tendo mais acesso à essa técnica maravilhosa de cura pelas mãos. A origem do Reiki precisa ser honrada, e ao mesmo tempo respeitando as mudanças do mundo, das pessoas e do planeta Terra.


O Reiki é uma técnica de "imposição de mãos", extremamente simples e eficaz, que serve para ativar, restaurar e equilibrar a energia. Devemos adquirir a consciência de que energia é a essência de todas as coisas existentes no Universo. O mundo em que vivemos é constituído inteiramente de energia, estamos sempre imersos nela, rodeados por ela. A própria vida é uma manifestação de energia, mesmo a matéria é energia condensada (e=m.c2). Não somos algo à parte ou separados do Universo, fazemos parte dele. Por isso devemos acabar com esse medo, superstição e misticismo de que isso seja algo sobrenatural, e tornar a energia cósmica trivial no nosso quotidiano, cultivando-a como uma ciência e uma arte. O Reiki é uma energia com a qual podemos aprender a nos sintonizar. A meditação é um meio para nos ajudar a consegui-lo. REIKI é uma palavra japonesa, que traduzida, significa algo como “Energia Vital Universal”. Esta energia, apesar de não ser facilmente explicada é facilmente experimentada, e a experiência abre-nos novas portas para melhorar a nossa saúde, a nossa qualidade de vida, além de permitir, num plano mais profundo, o encontro com o nosso ser mais íntimo. A palavra REIKI é composta por duas sílabas: Rei e Ki. Rei – Designa a energia sutil que permeia todas as coisas, tanto animada como inanimadas, é a energia cósmica universal. Significa o espírito, alma e universo – o que é universal e infinito. Ki - Designa a energia vital individual que circunda os nossos corpos, mantendo-os. Está presente em todos os organismos vivos. Quando a energia Ki sai de um corpo, esse deixa de ter vida. O Reiki é o processo de encontro dessas duas energias que ocorre após a sintonização energética feita por um mestre habilitado. No Reiki não há dogmas, atos de fé, regras inflexíveis e absolutas; uma vez abertos os canais pelos quais passa a energia (durante uma série de cerimônias rituais) qualquer pessoa está apta a dele tirar o que está pronta a receber. Há mais de 4.500 anos, os chineses descobriram e conceituou o sistema sutil de energia sustentadora da vida, presente em todos os corpos vivos. Desde então, nas diferentes culturas, este sistema foi adquirindo diferentes denominações, como “Ka”, para os antigos egípcios; “Chi”, para os chineses; “Ki” para os japoneses; “Prana”, para os hindus; “Mana”, para os Kahunas; “Grande Espírito” ou “Orenda”, para os nativos da América do Norte; “Espírito Santo”, para os cristãos; “Energia Bioplasmática”, para os russos; até aos nossos dias, no ocidente, como Bio Energia, Força Vital ou Energia Universal.O método de canalização dessa energia, no entanto, ainda se encontrava perdido na noite dos tempos, até ser redescoberto pelo japonês, Dr. Mikao Usui, que o conceituou e denominou de Reiki.Reiki é, portanto, um sistema de canalização, direcionamento e aplicação da Energia Universal da Vida. Não é necessariamente uma técnica de cura, mas sim uma técnica de reversão de padrões energéticos. Respeitados alguns limites naturais, todos os males emocionais, mentais, físicos e espirituais são potencialmente curáveis, podendo o Reiki assumir uma participação importante no processo. O Reiki atua reequilibrando o nosso ser. A energia Reiki nunca é enviada ou forçada para dentro de um organismo. Ela é atraída, “puxada” pelo receptor. Em condições normais, a Energia Vital é captada pelos Centros de Energia dispostos no nosso corpo – os Chacras, e distribuída através dos plexos nervosos e glândulas a todas as células. Entretanto, desequilíbrios emocionais, alimentação inadequada, pensamentos desordenados e falta de contacto com a natureza, entre outras coisas, criam bloqueios que nos tornam doentes. É nesse contexto de desequilíbrios emocionais, espirituais, físicos e mentais, que o Reiki atua, desatando nós, promovendo relaxamento, estimulando a auto-cura, proporcionando bem-estar, alegria e paz. Cada indivíduo cura-se a si próprio, com a mudança de atitude perante a vida. O reikiano pode ajudar no processo, canalizando a Energia Universal para o beneficiado. O sujeito da cura atua no processo tornando-se receptivo, transpondo “muros mentais”, abandonando emoções negativas como rancor, inveja, vingança, orgulho, sentimentos de inferioridade, entre outras. “Só pode receber quem estiver preparado para dar” – e, por isso mesmo, Reiki significa, antes de mais, uma troca que pressupõe uma atitude interior de profunda HUMILDADE.

Nenhum comentário: