Google+ Badge

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A prática de boas ações e a transmutação das emoções




Não se deve lutar contra as emoções indesejadas, porque isto só gera maiores tempestades e conflitos internos, permanecendo-se num ciclo vicioso do indesejado. O intuito é buscar sempre a prática de boas ações, as quais, aos poucos, sem dor, sem martírio e sem violência, transmutará os sentimentos e os pensamentos nocivos.

O segredo, pois, não é viver em constante luta contra nossos sentimentos nocivos, até porque certamente não lograremos êxito em extirpá-los por completo no plano que ainda nos encontramos, porquanto, como este ainda se afigura como plano de expiação e de provas, ainda são muito presentes as situações que desencadeiam tais ordens de sentimentos.

Portanto, não devemos despender nossas energias lutando contra nossas emoções hostis, mas sim buscando evitar a consequência material de tais emoções. Em outros termos, devemos administrar nossas reações diante de tais sentimentos, buscando a prática de boas ações mesmo ante as intempéries da vida.

Desta forma, perceberemos que, com o passar do tempo, teremos outras emoções diante de situações que antes nos consternavam. 

Isto porque as emoções danosas nos cegam, distorcendo nossa percepção da realidade, fazendo com que demos um valor muito maior a coisas que efetivamente não têm tanto valor assim. Quantas vezes, após passada a tempestade, analisamos melhor a situação e nos questionamos porque nossa reação foi tão desproporcional à efetiva ofensa? 

Assim, o que precisamos é vigiar com mais atenção esses momentos, contendo nossas reações e o melhor meio para isto é substituir tais reações hostis com boas ações. 

E para que esta substituição fique mais fácil, lembremos de praticar a caridade com as imperfeições e limitações de nosso próximo, até porque também temos limitações e, muitas vezes, somos nós que precisamos da caridade deste.

Portanto, ante cada ofensa, pensemos que esta é apenas porque nosso próximo, assim como nós, é ainda imperfeito e, desta maneira, descobriremos a chave para não melindrarmos tanto com as atitudes alheias.
Joanna de Ângelis
Mensagem psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco, em 09.03.09, no Centro Espírita Caminho da Redenção, Salvador, Bahia.



Eduardo Antônio
Terapeuta Holístico
Correio eletrônico: reiki_edu@yahoo.com.br
Skype: eduardo.terapeuta
Celular: 21- 7285-5411
Reiki,  Deeksha,  Cromoteapia,
Massagem Ayurvédica,  Radiestesia,
Florais de Bach,
Reflexologia Podal Tilandesa,
EFT e TEP
Atendimento com Hora Marcada

Um comentário:

Sandra disse...

Adorei o seu blog! Só a título de curiosidade há um agregador de conteúdos chamado Agrega Pais, que é voltado para a Família e vai dos blogs de mães até blogs geeks, super diversificado, uma ótima forma de divulgar seu blog para este público específico.
http://www.agregapais.com.br/